[ TRANSBORDA ]

Mergulhada e concentrada no tempo presente, a artista Paula Costa passa horas bordando pensamentos em plantas e flores vivas.

 

Transformando em objeto artístico algo que morrerá em poucos dias, a artista valoriza a beleza e independência da vida diante de nossas dúvidas e questões mais profundas. A vida segue seu curso e a morte faz parte dela não como vilã mas sim como continuação de seu propósito. 

 

A experiência de vivenciar uma obra de arte viva, orgânica, secando dia após dia, sem saber sua aparência final é diferente de se observar quadros em galerias, imutáveis. É um exercício de liberdade e desapego da artista à arte em si e também humildade perante ao inevitável.

 

Não existe domínio sobre a obra de arte se existe vida dentro da mesma.  

 

Transborda é uma homenagem à vida e à tudo aquilo que é vão, ingredientes primordiais para nosso artesanato de escolhas e aprendizados. 

 

Dedicado à memória de Miryan Romualdo da Costa ( sua mãe, artesã e dona de casa )

Artista Visual e Diretora Criativa. Rio de Janeiro, Brasil.

Direito de Utilização de Imagens exclusivamente de Paula Costa, sem autorização para cópia ou compartilhamento.

All Material Copyright © 2020 Paula Costa. Site Design & Build Paula Costa